11 Dezembro 2018
Fonte:: PC World / EUA

facebook 97f7d

O plano do Facebook para conectar bairros e empresas de maneira wireless (sem cabos), conhecido como Terragraph, iniciará os testes de campo em 2019 usando uma tecnologia de 60GHz da Qualcomm, segundo anunciaram as duas companhias nesta segunda-feira, 21/5.

Para quem não lembra, a rede social começou a falar sobre o Terragraph em 2016, como parte de um esforço para substituir a banda larga por fibra com uma onda wireless de 60GHz. A tecnologia não substituiria o Wi-Fi, mas foi criada para oferecer uma alternativa aos cabos e à fibra óptica nas casas e empresas, acabando assim com a necessidade de buracos e obras em ruas e calçadas.

Agora nós temos uma data: 2019, a primeira vez em que a tecnologia será testada, de acordo com o gerente de marketing da Qualcomm, Jesse Burke. A implementação mesmo acontecerá depois, de acordo com o executivo.

O Terragraph deve iniciar seus testes de campo usando uma tecnologia chamada 802.11ay, a sucessora da 802.11ad, que chegou ao mercado por volta de 2016. Apesar de a 802.11ay poder ser usada dentro de casa, ela é normalmente considerada uma tecnologia wireless de transferência, fornecendo a conexão de “quilômetro final” diretamente para a sua casa.

Segundo Burke, a tecnologia 802.11ay de 60GHz forneceria banda larga com “dois dígitos” de gigabits na sua porta. (Fontes com as quais a Network World conversou citaram a faixa mais provável como entre 20Gbps e 30Gbps.) Você precisaria de algum tipo de roteador que pudesse receber esse sinal 802.11ay, da mesma maneira como precisa de uma entrada para conectar um DSL ou cabo.

facebook 5c939

O problema, se é que existe um, é que o sinal 802.11ay viaja distâncias curtas, entre 10 e 30 metros. Isso significa que muitas “small cells” precisariam ser instaladas pelo bairro, muito provavelmente dentro de uma rede mesh em que cada small cell possa falar uma com a outra, aponta Burke.

Elas também exigem uma linha de visão. Nos modelos teóricos que as duas companhias construíram, explica Burke, essas células ficariam em postes de luz, ou nos tetos ou laterais dos prédios.

Apesar do executivo da Qualcomm não poder falar sobre os planos específicos do Facebook, ele disse que os testes teriam como foco uma ou mais quadras de uma cidade. No último mês de fevereiro, o Facebook afirmou que estavam programados dois testes de campo com a tecnologia: em Budapeste, na Hungria, e em Kuala Lumpur, na Malásia. Um porta-voz da rede social se recusou a comentar mais sobre os testes.

facebook ac0b5

O que isso significa para você

Substituir a infraestrutura cabeada existente com um grande impulso wireless é algo que já foi tentado antes. Você pode se lembrar dos planos grandiosos da Intel com o WiMAX, que realizou algumas implementações no Reino Unido antes de sumir. Apesar de existirem algumas implementações wireless ocasionais (como o Webpass na Bay Area, na Califórnia), geralmente cabo e DSL dominam o balanço. E, é claro, que existe uma grande exceção: o “bom e velho” 4G, que não foi retido tanto por taxas de transferência mas por limites de largura de banda. É bem possível que o Terragraph acabe se tornando irrelevante por causa da tecnologia 5G.