Entrar

Acesse sua conta de usuário

Nome de usuário *
Senha *
Lembrar de mim

Quem somos

Somos uma empresa especialista em desenvolvimento web na utilização de recursos CMS (Content Management System - Sistemas de Gerenciamento de Conteúdo). Desenvolvemos seu projeto, registramos seu domínio e hospedamos seu site em servidores com a infraestrutura necessária.

Bons motivos para se ter um site

Diferentemente de escritórios ou lojas, um site está disponível 24 horas por dia. Muitas vezes é nas madrugadas ou em horários improváveis que um potencial cliente pode estar procurando o Retornoproduto que você oferece.

Um site bem elaborado é o caminho para você aparecer em mecanismos de busca e fechar ótimos negócios a um custo muito baixo.

Seu site é um portfólio em tempo integral que pode ser atualizado em curtíssimo espaço de tempo.

Nos dias de hoje o Google é a primeira ferramenta acessada na busca de serviços, seja por desktops ou celulares. Estar fora desse mercado é impensável.

É uma ilusão achar que ter uma página em redes sociais substitui a importância de ter um domínio próprio. Uma ferramenta não inviabiliza a outra, se complementam. Um site é muito mais personalizável e profissional do que um perfil social.

Imagem é fundamental num mundo competitivo. Não ter um e-mail ou um domínio próprio é o equivalente a usar o número de um telefone público para passar aos seus clientes. Pense nisso.

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Câmara aprova projeto de lei que proíbe venda casada de internet e provedor

A Comissão de Constituição e Justiça e de Cidadania da Câmara dos Deputados aprovou nesta quinta-feira, 17, um projeto de lei que proíbe a venda casada de internet e provedor, prática que foi comum entre operadoras de telecomunicações no Brasil até alguns anos atrás. O projeto de lei, registrado como PL 3076/14, é de autoria do deputado federal Lobbe Neto (PSDB-SP), e proíbe que uma operadora obrigue o usuário a contratar um provedor (como o da antiga Aol, por exemplo) caso queira acesso à internet de banda larga fixa. Essa prática de venda casada já caiu em desuso há alguns anos, ainda mais desde que a Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) passou a proibir essa exigência por meio de uma…

Microsoft corrige falha no Windows que poderia dar origem a um 'novo WannaCry'

A Microsoft disponibilizou nesta semana seu tradicional update de segurança do Windows, feito para todas as versões do sistema que ainda têm suporte da empresa. A atualização corrige uma grave falha no software que poderia permitir o surgimento de um novo WannaCry. A vulnerabilidade estava na forma como o algoritmo de busca do Windows gerencia memória, abrindo espaço para a inserção de um código malicioso de execução remota. Se um hacker descobrisse como aproveitar a falha, ele seria capaz de tomar controle total da máquina de uma vítima. "Controle total" inclui a capacidade de instalar e remover programas; visualizar, editar e apagar dados da memória; ou até criar novas contas com privilégios de administrador. Tudo remotamente, sem precisar ter qualquer…

Google já testa ad blocker do Chrome contra anúncios invasivos

O Google adicionou um ad blocker embutido na versão mais crua do Chrome, sinalizando assim que assumirá a responsabilidade de barrar alguns anúncios on-line no produto final nos próximos meses. O aguardado ad blocker apareceu para alguns usuários do Canary, versão preliminar e experimental do Chrome, que recebe atualizações diariamente e precede o processo de três fases Dev, Beta e Estável. Vale notar que o bloqueador de anúncios do Chrome só apareceu na versão Canary do navegador para computadores Windows. As informações sobre os planos do Google ter um ad blocker próprio no Chrome começaram a circular em abril, pouco após a Coalition for Better Ads ter anunciado um conjunto dos tipos de publicidade on-line que os usuários dos EUA…

O Google quer acabar com as URLs na busca móvel

O Google parece ter planos de acabar com as URLs nas buscas móveis. Conforme relata o The Next Web, ao pesquisar algo no buscador através do Android, os resultados da pesquisa não incluem mais as URLs. Em vez disso, o serviço exibe apenas o título da página, uma miniatura de uma imagem em destaque do site e uma apresentação. Não está claro se o Google está apenas executando um teste ou gradualmente implantando uma mudança. No entanto, é difícil ver como isso ajuda alguém, além de tornar a interface um pouco mais limpa. Para os usuários, torna-se mais difícil descobrir o site para o qual eles serão direcionados quando tocarem em um resultado. Além disso, existe a chance de os…